IR PARA NOTÍICAS

Quando o assunto é tempestade, todo cuidado é pouco

12-11-2018
COMPARTILHE:

Com o fim da estiagem e, finalmente, a chegada das chuvas, os jardins florescem, o capim fica verde, tudo se ilumina. Mas nem tudo são flores. Nesta mesma época acontecem as temidas tempestades, com raios e rajadas de ventos. Foi pensando nisso que nós elaboramos uma série de perguntas e respostas para deixar tudo mais claro para você. Acompanhe com a gente!

Posso tomar banho durante a tempestade?
Não. Os chuveiros, elétricos ou a gás, possuem tubos metálicos: as descargas elétricas provenientes dos raios podem ser conduzidas pelos tubos e água até você.

Devo ficar longe de janelas e portas metálicas durante a incidência de raios?
Sim. E não só de portas e janelas, mas de todos os materiais metálicos, como torneiras e canos. O metal conduz energia e o princípio é o mesmo do chuveiro. O ideal é ficar longe para não ser atingido pelas descargas elétricas provocadas pelos raios.

Posso falar ao celular?
Pode, desde que o celular não esteja ligado à tomada. Já os telefones com fios, fique longe deles: os raios podem entrar no sistema de dados e atingir quem estiver usando o telefone.

Posso usar aparelhos elétricos e eletrodomésticos durante as tempestades?
Não. Todo aparelho conectado à fiação pode ser um potencial condutor de descargas elétricas. O ideal é desligá-los da tomada até que a tempestade passe.

E se eu estiver na rua quando a tempestade começar?
Vamos por partes. Primeiro, você deve procurar um abrigo de alvenaria para se proteger. Se não for possível, certifique-se de que está longe de objetos isolados, como árvores e postes de luz. Agora, se você estiver dentro de um veículo, saiba que eles oferecem os melhores abrigos contra os raios por causa de um fenômeno físico chamado Gaiola de Faraday.

E se a rede elétrica se romper?
Ventos, quedas de galhos de árvores ou mesmo raios podem derrubar postes e romper a fiação. Nesses casos, jamais toque os fios ou chegue perto do local. Na dúvida, acione imediatamente a sua distribuidora de energia.

Gostou das dicas? Então compartilhe!